Voltar ao site

O que é intra-empreendedorismo?

e como estimular essa prática na sua empresa!

· Treinamento,Facilitação,Cultura Organização

Não basta apenas ter visão estratégica para entrar em um setor do mercado e conquistar o seu espaço através do empreendedorismo. Uma vez que a organização esteja consolidada, é preciso lutar para manter a competitividade.

Em um cenário disputado como esse, o intraempreendedorismo ganha espaço e dominar as aptidões necessárias para colocar esse conceito em prática é indispensável. Assim, para sustentar um crescimento acelerado de maneira consistente, o intraempreendedor deve ter uma visão muito clara sobre as condições internas e externas.

Além disso, a capacidade de inovar constantemente para gerar valor através de novas propostas e recursos já existentes é o que diferencia esse profissional do empreendedor tradicional.

A sua organização está pronta para obter o melhor do intraempreendedorismo? Confira, a seguir, algumas dicas para desenvolver as habilidades necessárias!

Princípios básicos do intra-empreendedorismo

A essencial do intraempreendedorismo é manter a organização voltada para o desenvolvimento contínuo.

Quando os negócios prosperam e se transformam em grandes estruturas operacionais é muito fácil ceder ao status quo e assumir uma postura conservadora e inflexível. Afinal, se antes a luta era colocar à prova uma ideia de negócio, agora é defender o espaço conquistado no mercado.

Por essa razão, um intraempreendedor deve apresentar habilidades sólidas de liderança e persuasão, pois cabe a ele mobilizar a empresa em torno de suas iniciativas. E isso significa, na maior parte das vezes, alterar estruturas já consolidadas.

Isso requer argumentos sólidos e múltiplas abordagens para convencer os diversos setores, executivos e colaboradores a abraçarem mudanças que podem ir contra os hábitos e operações já conhecidos e aceitos.

Para cumprir o seu papel de manter a organização engajada em busca de inovação e novos diferenciais, é indispensável que esse profissional seja um líder influente e que apresente um discurso persuasivo.

Sem essas aptidões, ele não será capaz de mobilizar uma empresa já estabelecida e provocar as mudanças que o intraempreendedorismo propõe.

Equilibre as obrigações do seu cargo e as expectativas empreendedoras

Um intraempreendedor, além de ter a missão de manter a organização jovem, também é um executivo que deve cumprir diversas obrigações primárias.

Apesar de não haver uma regra para o tipo de cargo que esse profissional desempenha, é certo que a sua relação com a alta gestão e os investidores fazem com que ele ocupe um espaço de muita influência e responsabilidade dentro da empresa.

Atividades como a participação na tomada de decisões e em processos burocráticos é o que torna possível para o intraempreendedor ter uma visão holística que permitirá propor soluções e mudanças estratégicas alinhadas à realidade do negócio.

Entretanto, embora essa participação seja exatamente o que permite que o intraempreendedor cumpra seu papel, também é um dos maiores desafios para a sua atuação.

Por esse motivo, desenvolver a capacidade de manter o equilíbrio entre as muitas responsabilidades, saber priorizar e ter senso crítico para identificar o momento mais oportuno para as suas iniciativas são aptidões fundamentais.

Neste artigo, você conferiu algumas dicas para desenvolver as aptidões necessárias para o intraempreendedorismo. Agora, que tal descobrir como os nossos treinamentos e ferramentas podem ajudar a sua empresa a atingir esse objetivo? Entre em contato para saber mais!

Texto desenvolvido pela equipe de conteúdo da SkilLab Treinamentos Corporativos

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK